A- A A+ |
Sobral é tudo.
Sobral é da gente.
Sobral é agora.

A política educacional de Sobral foi destaque mais uma vez na mídia internacional. Desta vez, a revista britânica “The Economist” publica, na edição de 18 de dezembro, a reportagem “O que um estado brasileiro pode ensinar ao mundo sobre educação”.
 
A matéria conta a trajetória de superação da educação de Sobral, que saiu de um dos piores resultados do país e conquistou os melhores indicadores educacionais do Brasil, e como passa a ser um “modelo para educadores que buscam reiniciar o ensino após longos fechamentos”.
 
Motivado pelo relatório, divulgado internacionalmente pelo Banco Mundial e outras matérias na mídia britânica como Financial Times e The Guardian, o jornalista Mark Jonhson veio conhecer de perto a educação de Sobral. De 23 a 25 de novembro, o repórter conheceu a Escola de Formação Permanente do Magistério e Gestão Educacional, a Casa da Avaliação Externa e escolas municipais, onde entrevistou professores, diretores, estudantes e pais de estudantes.
 
A matéria destaca elementos da política municipal de educação, como a alfabetização na idade certa, a formação permanente de professores, o monitoramento da aprendizagem dos alunos, a seleção meritocrática de professores e gestores escolares, entre outros.
 
Em um trecho da reportagem é reconhecido que “o que torna a história de Sobral mais convincente é que ela gerou melhorias em todo o Ceará. Nenhum estado viu os resultados escolares subirem tão rápido quanto o Ceará desde que comparações rigorosas começaram em 2005.”
 
O jornalista também entrevistou o prefeito Ivo Gomes e aponta na matéria que “as escolas de Sobral estão muito mais bem preparadas do que a maioria do Brasil para resgatar alunos que ficam para trás em suas notas. “Sei que eles podem alcançá-los”, diz o prefeito, “porque já os vi fazer isso antes”.
 
Leia a reportagem no site AQUI.
Leia a reportagem completa: https://bit.ly/30xjl4W
 
 
Instagram
YouTube