A Rede Pública Municipal de Ensino de Sobral foi reconhecida com o selo Rede de Excelência no estudo “Educação que Faz a Diferença”, divulgado nesta quinta-feira (25/06), pelo Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional e o Instituto Rui Barbosa. Foram identificadas 118 redes de ensino municipais com bons resultados no Ensino Fundamental que receberam o selo de qualidade: Excelência, Bom Percurso ou Destaque Estadual, conforme seus indicadores.

Entre os 5.570 municípios brasileiros, apenas Sobral (CE) e Jales (SP) foram reconhecidos com o selo “Rede de Excelência”. No Ceará, outros 18 municípios foram reconhecidos com o selo “Bom Percurso”:  Acaraú, Ararendá, Barroquinha, Catunda, Cruz, Eusébio, Farias Brito, Forquilha, Granja, Groaíras, Itatira, Jijoca de Jericoacoara, Milhã, Novo Oriente, Pedra Branca, Pires Ferreira, Russas e São Gonçalo do Amarante.

CRITÉRIOS
Foram analisados indicadores como aprendizado dos estudantes em Língua Portuguesa e Matemática, segundo o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2017; Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) atual e evolução desde 2005; e taxas de aprovação, conforme o Censo Escolar.

As redes reconhecidas com o selo Excelência e Bom Percurso buscam garantir a aprendizagem da maioria dos alunos; esforçam-se para reduzir as desigualdades e não deixar nenhum estudante para trás; trabalham para que todos fiquem na escola; e apresentam avanços consistentes na aprendizagem dos alunos ao longo dos anos.

BOAS PRÁTICAS

 
Visando compreender em profundidade as práticas e estratégias utilizadas, auditores dos Tribunais de Contas visitaram 116 escolas de 69 redes de ensino municipais, em todo o Brasil. Sobral recebeu a visita da comitiva em outubro do ano passado. Em todas as redes, realizaram entrevistas com o secretário de Educação e equipe técnica, professores, diretores, coordenadores pedagógicos, estudantes e seus responsáveis, além de assistirem a aulas.

O estudo identificou como estratégias e práticas pedagógicas comuns nas redes com bons resultados no Ensino Fundamental: Utilização de sistemas de gestão e de acompanhamento dos estudantes; suporte constante por parte das Secretarias de Educação, com visitas frequentes às escolas; monitoramento contínuo da aprendizagem dos alunos; investimento na gestão escolar, com incentivo ao protagonismo das escolas; oferta constante e diversificada de formação continuada; e cultura de observação de aulas, com devolutivas construtivas.

SOBRAL
“A Educação de Sobral já foi amplamente estudada e segue sendo referência no País. Com Ideb 9,1 nos anos iniciais do Ensino Fundamental e 7,2 nos anos finais, o Município destaca-se não apenas pelos bons resultados, mas também por tê-los obtido em um contexto desfavorável, estando em uma região pobre do semiárido nordestino. O desempenho da rede é fruto de várias políticas públicas estruturadas e concomitantes: fortalecimento da gestão escolar, avaliação e monitoramento constantes da aprendizagem, autonomia e descentralização financeira das escolas, investimento em qualificação dos professores, entre outras. A continuidade das ações, mesmo com as trocas de gestão, é considerada imprescindível”, aponta o estudo. 

- Veja o estudo “Educação que Faz a Diferença” aqui.