A Secretaria da Educação de Sobral promoveu, nesta terça-feira (18/06), o IX Festival Municipal do Programa de Educação contra a Exploração do Trabalho de Crianças e Adolescentes (Peteca). O evento foi realizado no Theatro São João e contou com a participação de mais de 150 estudantes das escolas públicas municipais de Sobral.

O Peteca consiste na promoção de ações de conscientização e sensibilização da comunidade escolar e da sociedade em geral sobre os direitos da criança e do adolescente, com foco na erradicação do trabalho infantil e na proteção ao trabalhador adolescente. A competição conta com seis modalidades: Conto, poesia, música, desenho, curta-metragem e esquete teatral. Nesta etapa, foram avaliados trabalhos dos alunos da rede municipal de ensino matriculados do 4º ao 9º ano do Ensino Fundamental.

A coordenadora do Ensino Infantil, Kathleen Arcanjo, agradeceu o engajamento das unidades escolares quanto ao combate à exploração do trabalho de crianças e adolescentes.“Durante esses últimos meses, as escolas promoveram diversas atividades educativas, como palestras e rodas de conversas com as famílias. Sem essa adesão não seria possível a realização do Peteca. A gente precisa entender que o trabalho infantil prejudica a vida e a educação das crianças”, disse.

Durante o evento, os participantes das modalidades Música e Esquete Teatral realizaram suas apresentações. A comissão julgadora foi composta pela coordenadora de Cultura de Sobral, Simone Passos; pelo ator e músico Alexandre Fontenele; e pelo compositor, poeta e ator, José Álvaro Lemos. Na ocasião, também foram exibidos os curtas-metragens produzidos e encenados pelos alunos. 
 
Em seguida, teve início a solenidade de premiação. Ao todo, 17 trabalhos foram selecionados para a etapa estadual, que está com inscrições abertas até o dia 30 de junho. Nesta fase, os trabalhos inscritos serão avaliados por Comissão Julgadora Estadual, instituída no âmbito do Ministério Público do Trabalho (MPT/CE). O resultado final deve ser publicado até o dia 30 de agosto.


Escolas selecionadas em cada categoria:
Conto
Escola Odete Barroso
Escola Massilon Sabóia
Escola Vicente Antenor

Poesia
Escola Gerardo Rodrigues
Escola Elpídio Ribeiro
Colégio Sobralense de Tempo Integral Maria de Lourdes Vasconcelos

Desenho
Escola José Arimatéia Alves
Escola José Parente Prado
Escola Deliza Lopes

Esquete Teatral
"Minha vovó não aprendeu a lê na infância", 4° ano da Escola José Ermírio de Moraes;
"Sua infância vale mais que um trocado", 6° e 7° ano do Colégio Sobralense de Tempo Integral Maria Dorilene Arruda Aragão;
"O sonho de Joaquina", 8° ano da Escola Elpídio Riberio da Silva.

Curta-metragem 
Colégio Sobralense de Tempo Integral Maria Dias Ibiapina
Colégio Sobralense de Tempo Integral Maria Dorilene Aruda Aragão

Música
- "Criança é viver bem", 4° ano da Escola Emilio Sendim;
- "Jovem aprendiz", 6° e 7° ano do Colégio Sobralense de Tempo Integral Maria de Lourdes Vasconcelos;
- "Quero voar", 8° ano do Colégio Sobralense de Tempo Integral Maria Dorilene Arruda Aragão;

- Veja todas as fotos, clicando aqui.
 
Visando à formação integral dos estudantes, a rede pública municipal de ensino de Sobral está recebendo os orientadores educacionais aprovados em concurso público. De 17 a 19 de junho, estes profissionais estão participando de uma formação promovida pelo Instituto Ayrton Senna abordando os temas educação integral e competências socioemocionais.

“Estamos fazendo parte da formação inicial dos orientadores educacionais, que trabalharão em conjunto com os coordenadores pedagógicos e diretores, a proposta que o Instituto Ayrton Senna está desenvolvendo em parceria com o município de Sobral para a implementação de uma educação integral baseada em evidências com foco nas competências socioemocionais integradas ao currículo escolar”, explicou Laura di Pizzo, gerente de projeto do Instituto Ayrton Senna.

Durante a formação, os profissionais, juntamente com coordenadores pedagógicos e técnicos da Secretaria da Educação, participaram de atividades abordando suas expectativas, o conceito de educação integral, as macrocompetências adotadas na rede municipal de Sobral (amabilidade, resiliência emocional, engajamento com os outros, autogestão e abertura ao novo) e o desenvolvimento de sequências didáticas com duplo foco (cognitivo e socioemocional).
Os Orientadores Educacionais foram recepcionados pelo secretário da Educação, Herbert Lima, estiveram reunidos com os diretores escolares para os quais foram apresentadas as suas atribuições e já foram recebidos nas escolas municipais de Sobral.

Os orientadores educacionais atuarão na orientação e diálogo com os alunos, professores, gestores, responsáveis e com a comunidade, orientado sobre as escolas, relacionamentos com colegas e vivências familiares, contribuindo com a formação emocional das crianças e adolescentes. A partir de demandas apontadas pelo núcleo gestor, os profissionais promoverão palestras, oficinas, vivências e intervenções com o objetivo de identificar e resolver coletivamente problemas psicossociais que possam surgir na comunidade escolar.



A política educacional de Sobral foi destaque no I Congresso Encantado de Educação e Cultura, no Rio Grande do Sul. Na sexta-feira (14/06), a coordenadora de Desenvolvimento da Aprendizagem e da Gestão Pedagógica, Jamille Fonteles, falou sobre os avanços educacionais de Sobral, que tem a melhor rede pública de educação do Brasil.

O Congresso, que reuniu lideranças de Encantado, do Vale do Taquari e do Estado do Rio Grande do Sul, integrou a programação da Suinofest 2019, Festival Gastronômico que conta com gastronomia, festival de compras, seminários, espaço cultural, praça de alimentação, produtos de agroindústrias e artesanato.


A política educacional de Sobral, implementada ao longo dos últimos 22 anos, foi destaque no site internacional do Banco Mundial. O artigo intitulado “The most important political decision: keep politics out of the classroom. Or not?” apresenta um histórico sobre os resultados educacionais do município e ressalta o trabalho de formação realizado junto aos professores da rede municipal. 

“Você pode sentir claramente a paixão, quase uma obsessão pela educação nas autoridades do governo municipal e estadual, algo que pode percorrer um longo caminho em um sistema altamente descentralizado como o do Brasil. No entanto, as autoridades de Sobral e do Ceará disseram que não fizeram nada de extraordinário, apenas o que era senso comum (que devo acrescentar, geralmente é o mais difícil do ponto de vista político)”, destaca um trecho do artigo escrito por Jaime Saavedra, diretor global de educação do Banco Mundial que visitou Sobral em março de 2018.

- Leia o artigo completo, clicando aqui.


Um clima de muita alegria e emoção tomou conta dos mais de mil estudantes que participaram da abertura da 3ª edição do #SobralnoEnem, promovida pela Prefeitura de Sobral, neste sábado (15/06), no Centro de Convenções. Com uma feira de profissões, música ao vivo e uma palestra com a deputada Tabata Amaral, o evento inicia uma série de 20 aula preparatórias para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O próximo encontro será realizado no dia 29 de junho.


O prefeito Ivo Gomes destacou o sucesso do #SobralnoEnem e o apoio dados aos jovens universitários por meio do projeto Bolsa Universidade. “No início deste ano a rede pública de Sobral emplacou mais de 300 estudantes na universidade aqui em Sobral. Muitos dos alunos aprovados passaram por este programa. Fomos atrás do que há de mais competente no Ceará para dar a vocês a oportunidade de ingressar na universidade e continuar e para isso a Prefeitura oferece bolsas para os egressos da rede pública de baixa renda nos dois primeiros semestres”, disse o prefeito.
 
Ativista pela educação, a deputada Tabata Amaral contou a sua história de superação, frisou a importância de sonhar grande e o papel da educação como promotora de mudanças necessárias. “Foi em Sobral que eu aprendi que o Brasil poderia ter a melhor escola pública do mundo.Quando eu vi o que vocês estavam fazendo e o sonho que estavam tendo,eu tive a mais absoluta certeza de que esse sonho era possível”, disse a parlamentar que aconselhou os estudantes:   
“O primeiro passo vocês já deram que é ter a oportunidade, o segundo é acreditar que pode sonhar, e o terceiro passo é a dedicação. Na hora que vocês passarem na faculdade será uma família inteira, uma comunidade inteira acreditando que faculdade também é pra gente”.

O #SobralnoEnem é promovido pela Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria da Educação, em parceria com a Escola de Formação Permanente do Magistério e Gestão Educacional (Esfapege), e oferece material didático, fardamento, lanche, laboratório de redação, simulados, além de transporte para os estudantes que moram nos distritos de Sobral.


Para o secretário da Educação de Sobral, Herbert Lima, “é necessária muita dedicação e a crença de que vocês podem sim, através do estudo, transformar as suas vidas e de suas famílias. Espero que vocês se dediquem bastante ao longo das atividades do #SobralnoEnem 2019 e que no final do ano vamos comemorar o ingresso de vocês na universidade”, disse desejando boa sorte para os estudantes.

A acadêmica de Medicina na Universidade Federal do Ceará, Mikaele Anselmo, foi estudante da rede pública durante toda sua vida estudantil e deu seu depoimento para os estudantes presentes. “Sou filha de mãe solteira, minha vida não foi fácil, mas a escola pública, a educação transformou a minha vida e pode transformar a vida de todos. Eu já estive no lugar de vocês e por isso peço que valorizem este projeto que é incrível, que dá todo o suporte para vocês estudarem. Os professores são ótimos e ajudam muito a gente que não tem condições de pagar um cursinho particular. Agradeço ao município de Sobral, ao Estado do Ceará e ao projeto #SobralnoEnem pelo investimento na nossa educação”, disse Mikaele.

Também participaram da abertura do #SobralnoEnem, o deputado federal Leônidas Cristino; o deputado estadual Queiroz Filho; o presidente da Câmara Municipal, Carlos do Calisto; secretários municipais, professores, coordenadores e diretores das escolas públicas de Sobral e a comunidade em geral.