Dentro da política de valorização do magistério, a Prefeitura de Sobral realizou a progressão de 790 professores da Rede Pública Municipal de Educação, sendo 737 progressões horizontais e a progressão vertical de 53 professores. Foram investidos cerca de R$ 1,5 milhão e a primeira parcela paga na folha de setembro e o restante nas folhas de novembro e dezembro.

A progressão horizontal é realizada com base em critérios de desempenho dos profissionais, como participação, produtividade, responsabilidade, planejamento, iniciativa, criatividade, conhecimento do trabalho, relacionamento interpessoal e ética profissional, e o tempo de serviço no cargo, a cada intervalo de três anos. O decreto nº 2.119, que dispõe sobre a progressão horizontal dos professores, foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM), de 9 de novembro de 2018, com efeitos financeiros retroativos a 1º de janeiro de 2017.

Já a progressão vertical dos professores é feita com base no nível de qualificação dos professores que concluem cursos de pós-graduação lato sensu (Especialização) ou stricto sensu (Mestrado e Doutorado). O decreto nº 2.118, que dispõe sobre a progressão vertical dos professores, realizado com base no grau de qualificação dos profissionais, foi publicado no DOM de 9 de outubro de 2018, com efeitos financeiros retroativos a 1º de setembro de 2018.