Uma comissão da Secretaria da Educação de Sobral realizou visitas técnicas para avaliar as condições dos laboratórios de informática da Escola Estadual De Educação Profissional (EEEP) Lysia Pimentel Gomes, da EEEP Monsenhor José Aloísio Pinto e da EEEP Dom Walfrido Teixeira Vieira. As unidades sediarão, entre os dias 7 e 14 de outubro, o simulado da prova do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes – Pisa para Escolas.

Cerca de 1.400 estudantes de 17 escolas estaduais deverão fazer a prova do Pisa para Escolas, prevista para ser aplicada em novembro deste ano. Além de comparar internacionalmente a qualidade da educação oferecida em Sobral, a avaliação permitirá compreender como as habilidades socioemocionais afetam o aprendizado, e como desenvolvê-las na sala de aula; e identificar estratégias que ajudem a melhorar o desempenho dos estudantes com dificuldades de aprendizagem.

Em 2017, 1.066 estudantes de 16 escolas públicas de Sobral participaram do Pisa para Escolas pela primeira vez. A avaliação constatou que o desempenho dos estudantes das escolas públicas de Sobral é melhor do que os resultados do Brasil no PISA 2015, confirmando o que os dados da prova Brasil já apontavam sobre a qualidade da educação de Sobral.

O Pisa para Escolas mensura o conhecimento e habilidades dos estudantes de 15 anos de idade em leitura, matemática e ciências, além de avaliar o ambiente disciplinar, relacionamento entre professor e aluno, autoeficácia e motivação dos estudantes para aprender.