Na sexta-feira (11/05), o Colégio Sobralense de Tempo Integral Maria Dias Ibiapina recebeu a solenidade de assinatura do Termo de Cooperação entre a Prefeitura de Sobral e o Instituto Ayrton Senna. O objetivo é incluir as competências socioemocionais nas escolas da rede municipal de ensino.

As competências se referem à capacidade de mobilizar, articular e colocar em prática conhecimentos, valores, atitudes e habilidades para se relacionar com os outros e consigo mesmo, assim como estabelecer e atingir objetivos e enfrentar situações adversas de maneira criativa e construtiva. Em Sobral, serão trabalhadas a autogestão, o engajamento com os outros, a resiliência emocional e a abertura ao novo.

O prefeito Ivo Gomes destacou a importância de não se acomodar com os ótimos resultados e buscar a melhoria da qualidade do ensino e do desenvolvimento pessoal dos estudantes sobralenses. “Na transição ainda entre a minha eleição e a posse, imaginava como que a gente iria trabalhar nas escolas ‘valores’, porque eu acho que a sociedade brasileira (...) está vivendo uma imensa crise de valores”, disse o prefeito, anunciando ainda a abertura do concurso público com 50 vagas para orientadores educacionais, cujo edital será publicado no prazo máximo de três semanas. Os interessados precisam ter formação em psicologia e deverão auxiliar nas estratégias de desenvolvimento das habilidades.


Durante o evento, Ivo aproveitou para anunciar que Sobral será a cidade com o maior número de escolas premiadas no Spaece de todo o Ceará, além de ocupar também os primeiros lugares das melhores notas na avaliação do 5º e 9º ano.

Tatiana Filgueiras, coordenadora da área de avaliação do instituto Ayrton Senna, não economizou elogios ao município. “O que aconteceu com Sobral, em 20 anos, a gente não precisa contar, né? Vocês saíram lá de 1997, de um dos municípios com o pior índice de defasagem de alfabetização e viraram a capital brasileira da alfabetização. Vocês estão ensinando para o Brasil que é possível, em uma rede pública, ter os índices de sucesso que vocês tem”, disse.


O secretário da Educação de Sobral, Herbert Lima, explicou que a inclusão das competências, além de promover amabilidade, empatia e tolerância, irá desenvolver nos jovens a capacidade de lidar com as tristezas, frustrações e/ou outras situações que não são positivas. “Nós vamos construir um método em conjunto com os especialistas do instituto. Nós vamos construir um modelo que vai ser próprio para Sobral e também vai ser inédito como modelo de referência pra inserção das competências socioemocionais em uma rede municipal”, pontuou o secretário.